Projetos

  • Elaboração de 13 Planos de Gestão de Habitats Naturais, da Fauna e da Flora Selvagens, que incidem sobre Sítios de Importância Comunitária (SIC), no âmbito da Diretiva Habitats (Concurso Público n.º 25/2018/ICNF/SEDE) – a aguardar início de execução, para o ICNF;
  • Elaboração de 20 Planos de Gestão de Habitats Naturais, da Fauna e da Flora Selvagens, que incidem sobre Sítios de Importância Comunitária (SIC), no âmbito da Diretiva Habitats (Concurso Público n.º 6/2016/ICNF/SEDE) – em execução, para o ICNF;
  • Projeto ECO-PASSAPORTE – Contributo para a Sensibilização para a Conservação da Natureza – em execução, para a ADERE Peneda Gerês;
  • Elaboração do Processo de Classificação da Montanha da Penha como Área de Paisagem Protegida de Âmbito Local – em execução, para a Câmara Municipal de Guimarães;
  • Elaboração dos Documentos Estratégicos e Peças Gráficas do Plano Regional de Ordenamento Florestal do Entre Douro e Minho – para o ICNF;
  • Elaboração dos Documentos Estratégicos e Peças Gráficas do Plano Regional de Ordenamento Florestal de Trás-os-Montes e Alto Douro – para o ICNF;
  • Atlas da Flora e Fauna e Levantamento de Locais de Interesse Geológico no âmbito de desenvolvimento de conteúdos e instalação de equipamentos para o Turismo de Natureza na Rede Natura 2000 no município de Ponte da Barca;
  • Cartografia de Biótopos e Habitats, Flora e Fauna na Serra do Marão (RN2000) para o território de Amarante;
  • Dinamização do Parque do Rio Úl com inventariação da fauna, flora vascular e georreferenciação de árvores e definição de orientações de gestão;
  • Contributo para o Estudo de Base sobre Património Biológico das Serras do Porto;
  • Componente de Património Natural do Plano de Gestão do Parque das Serras do Porto (Estudos Prévios);
  • Medidas e Ações no âmbito da Ecologia para as Serras do Porto;
  • Elaboração da Estratégia Regional da Paisagem do Alto Minho para a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho;
  • Atlas da Fauna, da Flora e Geologia, para o sítio Rede Natura 2000 Serra de Arga;
  • Projeto de Conteúdos do Parque Biológico da Porta do Mezio – em execução, para a ARDAL;
  • Componente Ecológica do Plano de Intervenção em Espaço Rural (PIER) para Afife, Carreço e Areosa;
  • Componente de Ecologia e Paisagem do Plano de Pormenor de Salvaguarda para a Criação da Paisagem Cultural de Sistelo;
  • Ações de Recuperação/Conservação de Espécies e Habitats Particularmente Ameaçados – Câmara Municipal de Ponte da Barca;
  • Componente de Ecologia do Balanço da Implementação do Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC) Caminha-Espinho;
  • Componente de Ecologia do Modelo de Ordenamento da Orla Costeira (MOOC) Caminha-Espinho;
  • Elaboração de conteúdos informativos para o centro de promoção da Biodiversidade de Sistelo – Câmara Municipal de Arcos de Valdevez;
  • Aquisição de Serviços Especializados para Desenvolvimento de Programas Especializados de Observação e Interpretação dos Valores Naturais e do Património Cultural, no âmbito do projeto aprovado pelo Programa ON2 – NaturMinho (Aviso EEC PROVERE – Minho IN – PA/1/2011);
  • Produção do Atlas da Flora do Parque Arqueológico do Vale do Terva – Universidade do Minho, editado pela Câmara Municipal de Boticas;
  • Elaboração de conteúdos informativos do Pousadela Village – Among Nature (Unidade de Turismo da Natureza) nos temas: flora, vegetação e habitats; fauna; birdwatching; recursos patrimoniais e arquitetónicos; geologia e geomorfologia;
  • Coordenação Técnica do Atlas e Libro Vermello da Flora Endémica e Ameazada da Galiza, Norte de Portugal e Territórios Limítrofes para a Junta da Galiza / Universidade de Santiago de Compostela.
  • Monitorização Hidrogeológica da Unidade Industrial da FACOL – Tinturaria de Fios, localizada em Vila Nova de Famalicão (monitorização mensal; em execução);
  • Monitorização da Recuperação de Habitat da Reserva Natural Local do Sapal do rio Coina e da Mata Nacional da Machada – Projeto Biodiscoveries LIFE BIO13/PT1000386 para a Câmara Municipal do Barreiro – Monitorização Semestral entre 2015 – 2020;
  • Monitorização da Fauna e Flora da Unidade Industrial da IKEA (IKEA Industry Portugal, Lda) em 2018 (monitorização semestral; em execução);
  • Monitorização da Fauna e Flora da Unidade Industrial da IKEA (IKEA Industry Portugal, Lda) em 2016 (monitorização semestral);
  • Monitorização da Flora, Vegetação e Habitats do Aproveitamento Hidroelétrico do Baixo Sabor;
  • Monitorização da Qualidade Ecológica da Água junto ao Aproveitamento Hidroelétrico de Almargem, no Rio Vouga, em Calde (Viseu);
  • Monitorização da Qualidade Ecológica dos Aproveitamentos Hidroelétricos de Gouvães, Padroselos, Alto Tâmega e Daivões – Componentes River Habitat Survey (RHS) e Macrófitos;
  • Monitorização de recuperação dos habitats das áreas intervencionadas no projeto biodiscoveries designado por Life 13 BIO/PT/000386 Financiado pelo Programa LIFE+;
  • Monitorização da Qualidade Ecológica do Aproveitamento Hidroelétrico de Lourido – Componentes River Habitat Survey (RHS), Macrófitos e Índice de Vegetação Ripária (IVR);
  • Monitorização da Qualidade Ecológica do Aproveitamento Hidroelétrico de Candemil – Componente de Macrófitos;
  • Monitorização da Qualidade Ecológica das Pontes de Óis da Ribeira e Ponte do Campo – Componentes River Habitat Survey (RHS), Macrófitos e Índice de Vegetação Ripária (IVR) e pesca elétrica;
  • Monitorização da Flora e Habitats do Sublanço da Autoestrada A7 – Ribeira de Pena – IP3;
  • Monitorização da Flora e Habitats do Sublanço IC2 – Vouzela – Boa Aldeia;
  • Monitorização da Flora e Habitats do Sublanço D0, D1, E1, E2 e E3 da Auto-estrada A24;
  • Monitorização da Flora e Habitats da Variante à EN205 e EN210;
  • Acompanhamento Ambiental de Flora do Parque Eólico de Vila Cova para a ENEL Green Power Iberia.
  • Inventário de Flora Vascular, Aves, Répteis, Anfíbios e Mamíferos na Quinta dos Salgueiros no Porto, para a Universidade Católica Portuguesa;
  • Projeto de Dinamização do Parque do Rio Úl – com inventariação de flora vascular espontânea, inventariação da flora vascular cultivada, inventariação da fauna e georreferenciação de árvores e definição de orientação de gestão;
  • Conceção e Implementação das Medidas de Valorização e Interpretação do Trilho da Serra Amarela ao Nível do Património Natural para a ADERE Peneda-Gerês;
  • Cartografia da Vegetação e Habitats do SIC Serra de Montemuro para a Associação de Municípios do Douro Sul (AMDS) – Execução do levantamento da informação geográfica relativa aos habitats naturais e seminaturais do Sítio de Montemuro e Proposta de Ordenamento e Gestão dos Habitats;
  • Elaboração de Conteúdos Informativos para o Centro de Promoção da Biodiversidade do Município de Arcos de Valdevez – elaboração de conteúdos na vertente da geologia e geomorfologia, meio hídrico superficial e subterrâneo, flora e vegetação, habitats e fauna;
  • Estudo Ecológico em Vilarinho (Lousã) de Determinação dos Principais Valores Ecológicos para o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC);
  • Conceção e Implementação das Medidas de Valorização e Interpretação do Trilho da Serra Amarela ao Nível do Património Natural para a ADERE Peneda-Gerês;
  • Valorização e Gestão de Bacias Hidrográficas e Sítios de Interesse Natural (Aplicação no Vale do Rio Sousa) para a Associação de Desenvolvimento Rural das Terras do Sousa (ADER – SOUSA) – componente de flora e habitats;
  • Cartografia, Identificação e Georeferenciação de árvores, arbustos e herbáceas mais relevantes do Parque das Termas de Vizela para a Associação BaiCIência;
  • Catálogo de Flora Vascular do rio Uíma em Santa Maria da Feira para a empresa FEIRA VIVA, E.M.;
  • Estudo Ecológico Sobre a Afetação da Rede Natura 2000 para o Projeto de Execução da Ligação Intermunicipal Estarreja Ovar para a FASE – Estudos e Projetos, S.A.;
  • Estudo Ecológico Sobre a Afetação da Rede Natura 2000 para o Projeto da Rede de Distribuição de Baixa Pressão de Gás Natural – Pólo de Vinhais para a FASE – Estudos e Projetos, S.A.;
  • Estudo Ecológico Sobre a Afetação da Rede Natura 2000 para o Projeto da Rede de Distribuição de Baixa Pressão de Gás Natural – Pólo de Terras de Bouro para a FASE – Estudos e Projetos, S.A.;
  • Estudo Ecológico Sobre a Afetação da Rede Natura 2000 para o Projeto da Rede de Distribuição de Baixa Pressão de Gás Natural – Pólo de Freixo de Espada à Cinta para a FASE – Estudos e Projetos, S.A.;
  • Estudo Ecológico Sobre a Afetação da Rede Natura 2000 para o Projeto da Rede de Distribuição de Baixa Pressão de Gás Natural – Pólo de Vila Pouca de Aguiar para a FASE – Estudos e Projetos, S.A.;
  • Estudo Ecológico Sobre a Afetação da Rede Natura 2000 para o Projeto de Instalação de Estrutura de Radiocomunicações em Alqueidão da Serra para a EFACEC, S.A.;
  • Demonstração da Não Afetação Significativa da Estabilidade ou do Equilíbrio do Sistema Biofísico e dos Valores Naturais em Presença – de acordo com a alínea v. do Anexo III da Portaria n.º 419/2012 de 20 de dezembro (LUSOKIWI – Fruticultura, Lda);
  • Demonstração da Não Afetação Significativa da Estabilidade ou do Equilíbrio do Sistema Biofísico e dos Valores Naturais em Presença para a Assessoria Técnica em Afetação da REN no Âmbito da Elaboração do Projeto de Valoração Paisagística e Ambiental do Parque Desportivo e de Lazer do Calvão;
  • Demonstração da Não Afetação Significativa da Estabilidade ou do Equilíbrio do Sistema Biofísico e dos Valores Naturais em Presença para a Assessoria Técnica em Afetação da REN no Âmbito da Elaboração do Projeto de Valoração Paisagística e Ambiental da Lagoa do Moitão;
  • Demonstração da Não Afetação Significativa da Estabilidade ou do Equilíbrio do Sistema Biofísico e dos Valores Naturais em Presença para a Assessoria Técnica em Afetação da REN no Âmbito da Elaboração do Projeto de Valoração Paisagística e Ambiental do Parque de Lazer de Carvalhais.
  • EIA da Unidade Industrial da Gravotêxtil, S.A. localizada em Fafe – Coordenação e realização do Estudo de Impacte Ambiental;
  • EIA do Estudo Prévio da Zona Empresarial da Aguieira – realização do descritor Biodiversidade, inserido no PTCON0017 – SIC Litoral Norte da Rede Natura 2000;
  • EIA do Licenciamento da Pedreira do Caminho Velho, em Sabrosa – realização do descritor Flora, Vegetação e Habitats;
  • EIA do Estudo Prévio da Ligação entre o Interface Rodoferroviário / EN14 (Santana), incluindo nova Ponte sobre o Rio Ave – realização do descritor Sistemas Ecológicos;
  • EIA do Estudo Prévio da Extensão da Linha Amarela (Santo Ovídio – Vila D`Este) do Metro do Porto – realização do descritor Fauna, Flora, Vegetação e Habitats;
  • EIA do Parque Eólico de Cabeço da Mina – realização dos descritores: Geologia, Geomorfologia e Recursos Geológicos; Recursos Hídricos Superficiais; Recursos Hídricos Subterrâneos; e, Solos;
  • EIA da Pedreira n.º 4276 (Fonte / Montariol) – realização do descritor Biodiversidade;
  • EIA da Nova Unidade Industrial da RNM, S.A. localizada em Vila Nova de Famalicão – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Arqueologia; Socioeconomia; Solo e Uso do Solo, Paisagem; Ordenamento do Território; e, Climatologia;
  • EIA da Unidade Industrial da Interecycling – Sociedade de Reciclagem, S.A. Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Arqueologia; Socioeconomia; Solo e Uso do Solo, Paisagem; Ordenamento do Território; e, Climatologia;
  • EIA da Unidade Industrial da URFIC – Indústria de Ferragens S.A – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Arqueologia; Socioeconomia; Solo e Uso do Solo, Paisagem; Ordenamento do Território; e, Climatologia (em execução);
  • EIA do Parque Eólico do Marão – realização dos descritores: Geologia, Geomorfologia e Recursos Geológicos; Recursos Hídricos Superficiais; Recursos Hídricos Subterrâneos; e, Solos;
  • EIA do Parque Eólico de Montemuro – realização dos descritores: Geologia, Geomorfologia e Recursos Geológicos; Recursos Hídricos Superficiais; Recursos Hídricos Subterrâneos; e, Solos;
  • EIA da Unidade Industrial da FACOL – Tinturaria de Fios, Lda – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Arqueologia; Socioeconomia; Solo e Uso do Solo, Paisagem; Ordenamento do Território; e, Climatologia;
  • EIA da Unidade Industrial da PROBOS Plásticos, S.A. – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Arqueologia; Socioeconomia; Solo e Uso do Solo, Paisagem; Ordenamento do Território; e, Climatologia;
  • EIA do Projeto de Expansão da ACAÍL Gás, S.A – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Arqueologia; Socioeconomia; Solo e Uso do Solo, Paisagem; Ordenamento do Território; e, Climatologia;
  • EIA da ACATEL S.A. – elaboração do Requerimento de Dispensa do Procedimento de AIA – caracterização do ambiente afetado e das interações ambientais existentes;
  • EIA da Nova Unidade Industrial da DOURECA – Produtos Plásticos Lda – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Arqueologia; Sócioeconomia; Solo e Uso do Solo, Paisagem; Ordenamento do Território; e, Climatologia;
  • EIA da Estamparia Têxtil Adalberto Pinto da Silva, Lda – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Solo e Uso do Solo, Paisagem; Ordenamento do Território; e, Climatologia;
  • EIA da Unidade Industrial Navarra – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; e, Flora, Vegetação e Habitats (Projeto Suspenso);
  • EIA da Unidade Industrial da Ferrão & Guerra – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; e, Flora, Vegetação e Habitats; Solo e Uso do Solo, Ordenamento do Território; e, Paisagem;
  •  EIA da Suinicultura de Gradim do Grupo PRIMOR – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Climatologia, Sócio-economia; Solo e Uso do Solo; Ordenamento do Território; Arqueologia; e, Paisagem;
  • EIA da Suinicultura da SAPECAL do Grupo PRIMOR – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia; Hidrogeologia; Meio Hídrico e Hidrologia; Fauna; Flora, Vegetação e Habitats; Climatologia; Sócio-economia; Solo e Uso do Solo; Ordenamento do Território; Arqueologia e, Paisagem;
  • EIA da Unidade Industrial da Monteiro-Ribas Revestimentos, S.A – Realização dos descritores: Geologia e Geomorfologia, Hidrogeologia e Meio Hídrico e Hidrologia;
  • Assessoria Técnica (Disponibilização de Perito) no âmbito da Auditoria do Processo de Pós-AIA da Central Termoelétrica a Biomassa da CELBI.
  • Estudo de Sustentabilidade das Estruturas de Proteção Civil na Área Territorial da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega – Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega;
  • Estudo de Sustentabilidade das Estruturas de Proteção Civil na Área Territorial da Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes – Comunidade Intermunicipal de Terras de Trás-os-Montes;
  • Articulação Intermunicipal dos Serviços de Proteção Civil – Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega;
  • Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Bragança – para a Associação de Municípios Terra Fria de Trás-os-Montes;
  • Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Vinhais – para a Associação de Municípios Terra Fria de Trás-os-Montes;
  • Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Vimioso – para a Associação de Municípios Terra Fria de Trás-os-Montes;
  • Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Miranda do Douro – para a Associação de Municípios Terra Fria de Trás-os-Montes.
  • EIncA do Empreendimento Turístico da Quinta do Saltinho e do Rodriguinho (situado em Rede Natura 2000 e no Parque Natural do Douro Internacional) – Realização da descrição do projeto, gestão do procedimento, apoio à coordenação do estudo e realização dos descritores: Flora, Vegetação e Habitats, Sócio-economia; e, Ordenamento do Território.
  • Responsabilidade Ambiental e Avaliação de Risco Ambiental da Interecycling – Sociedade de Reciclagem, S.A – Realização do relatório ambiental com os descritores Água; Solo; e, Espécies e Habitats Protegidos. Realização da avaliação da significância dos danos ambientais, identificação e seleção das opções de reparação e avaliação da garantia financeira;
  • Responsabilidade Ambiental e Avaliação de Risco Ambiental da Granorte – Revestimentos de Cortiça, Lda – Realização do relatório ambiental com os descritores Água; Solo; e, Espécies e Habitats Protegidos. Realização da avaliação da significância dos danos ambientais, identificação e seleção das opções de reparação e avaliação da garantia financeira;
  • Responsabilidade Ambiental e Avaliação de Risco Ambiental da J. Pinto Leitão – WOOD TECH, S.A. – Realização do relatório ambiental com os descritores Água; Solo; e, Espécies e Habitats Protegidos. Realização da avaliação da significância dos danos ambientais, identificação e seleção das opções de reparação e avaliação da garantia financeira;
  • Responsabilidade Ambiental e Avaliação de Risco Ambiental da MOLDETIPO, Lda. – Realização do relatório ambiental com os descritores Água; Solo; e, Espécies e Habitats Protegidos. Realização da avaliação da significância dos danos ambientais, identificação e seleção das opções de reparação e avaliação da garantia financeira.
  • Avaliação Ambiental Estratégica do Plano Regional de Ordenamento Florestal do Entre Douro e Minho;
  • Avaliação Ambiental Estratégica do Plano Regional de Ordenamento Florestal de Trás-os-Montes e Alto Douro;
  • Avaliação Ambiental Estratégica da Revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) de Santa Maria da Feira – Realização dos fatores ambientais associados e avaliação de efeitos ambientais das propostas de ordenamento.
  • Projeto de Integração Paisagística do Pousadela Village – Among Nature (Unidade de Turismo da Natureza);
  • Projeto de Integração Paisagística da LUSOKIWI – Fruticultura, Lda (Unidade Agrícola de produção de kiwis);
  • Apoio na implementação da medida da DIA da FACOL – Tinturaria de Fios Lda referente ao enquadramento paisagístico do estabelecimento industrial.
  • Dossier de Ambiente da Reabilitação e Reforço Estrutural/Substituição das passagens Hidráulicas no IP3Km 47+588 e EN 229 – Km 42+380 para a FASE – Estudos e Projetos, S.A. – componente dos sistemas ecológicos;
  • Dossier de Ambiente da Reabilitação de Obras de Arte (ER308, km 5+891, ph de Barroselas; EN201, km 33+890, Ponte Velha de Ponte de Lima. ER205, km 54+455, Ponte Romana de Proselo) para a FASE – Estudos e Projetos, S.A. – componente dos sistemas ecológicos.
  • Prestação de Serviços para o CIBIO-UP – Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto – apoio no desenvolvimento do Projeto Europeu EBONE (European Biodiversity Network);
  • Prestação de Serviços para o CIBIO-UP – apoio no desenvolvimento do Projeto Europeu SIMBION (Projeto Nacional com a participação do ICNB – atual ICNF – para a monitorização de espécies e habitats no Norte de Portugal);
  • Prestação de Serviços para o CIBIO-UP – apoio no desenvolvimento do Projeto Ecosystem Valuation Iniciative (EVI) – Serra da Estrela na área da modelação da flora;
  • Prestação de Serviços para o CIBIO-UP – apoio no desenvolvimento do Projeto de Conservação de Espaços Naturais Transfronteiriços (Projeto Natura Xurés-Gerês);
  • Prestação de Serviços para a Câmara Municipal de Boticas (CMB) – apoio técnico/investigação no domínio da Flora no âmbito da candidatura do “Complexo Mineiro Antigo do Vale Superior do Rio Terva”, para a elaboração de um Atlas da Flora.
  • Projeto Ind_Change – Mapeamento de Habitats do Alto Sabor através da metodologia EBONE modificada para o Instituto Politécnico de Bragança – IPB.
  • Orientação de Uma Visita ao Nível da Flora à Mata do Buçaco para a Fundação Mata do Buçaco;
  • Organização e Execução de Workshop “Como Fazer um Herbário” para o Projeto High-Tech 4 Nature (Associação BaiCIência);
  • Organização e Execução das Jornadas de Biologia e Oficinas Escola no Âmbito do Projeto “Complexo Mineiro Antigo do Vale Superior do Rio Terva” para a Câmara Municipal de Boticas;
  • Organização e Execução de Atividades de Educação Ambiental associadas à Flora para a Associação de Pais da Escola EB 2,3 de Dona Maria II (Famalicão);
  • Prestação de Serviços para Realização de Atividades nas Zonas Húmidas da Serra de Arga para a Câmara Municipal de Caminha (CMA);
  • Prestação de Serviços para Atividades Ciência Viva do Centro de Ciência Viva de Vila do Conde;
  • Prestação de Serviços para Atividades Ciência Viva do Centro de Ciência Viva de Marco de Canaveses.
  • Formação para Guias Turísticos sobre o Património Natural do Rio Úl;
  • Formação para Professores sobre o Património Natural do Rio Úl, no âmbito do Projeto de Dinamização do Rio Úl.
  • Formação de colaboradores do Pousadela Village – Among Nature (Unidade de Turismo da Natureza) – no âmbito de boas práticas ambientais e dos recursos endógenos existentes.
  • Formação de colaboradores da Arcos House (Unidade de Turismo da Natureza) – no âmbito do reconhecimento como unidade de turismo de natureza.
  • Workshop intitulado Flora, Vegetação e Habitats do Minho no âmbito do Projeto Naturminho, Turismo da Natureza, organizado pela ADERE-PG;
  • Workshop intitulado Geologia do Minho – Algumas Considerações no âmbito do Turismo da Natureza, no âmbito do Projeto Naturminho, Turismo da Natureza, organizado pela ADERE-PG;
  • Workshop intitulado Decreto-Lei n.º 142/2008, de 24 de julho – Regime Jurídico da Natureza e da Biodiversidade, no âmbito do Projeto Naturminho, Turismo da Natureza, organizado pela ADERE-PG.
  • Viabilidade Ambiental do Parque Eólico de Casal dos Pianos a localizar em São João das Lampas (concelho de Sintra) em áreas incluídas no Parque de Sintra-Cascais e REDE NATURA 2000 (SIC Sintra-Cascais) – componente de geologia, ordenamento do território, hidrogeologia, recursos hídricos superficiais e flora, vegetação e habitats;
  • Estudo de Viabilidade Ambiental do Projeto de Execução do Interface Rodoferroviário / EN14 (Santana), incluindo nova Ponte sobre o Rio Ave – componente de Ecologia;
  • Viabilidade Ambiental do Parque Eólico de Montesinho, – componente de Geologia e componente de Solos;
  • Viabilidade Ambiental do Parque Eólico do Marão, – componente de Geologia e componente de Solos;
  • Viabilidade Ambiental do Parque Eólico de Montemuro, – componente de Geologia e componente de Solos.
  • Análise Estratégica do Processo de Candidatura ao SI Inovação Produtiva (QREN) do Pousadela Village – Among Nature (Unidade de Turismo da Natureza);
  • Avaliação do Cumprimento do Artigo 76.º e Artigo 77.º do Regulamento do PDM de Porto de Mós, realizado no âmbito do Projeto de Instalação de Estrutura de Radiocomunicações em Alqueidão da Serra.